Navegação

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Matérias da capa / Alergias ou intolerância alimentar, o que isso tem a ver com o dentista?

Alergias ou intolerância alimentar, o que isso tem a ver com o dentista?

 

 

 

 

 

Hoje em dia, muitos pacientes têm apresentado alergia ou intolerância a diversos tipos e  alimentos. Pensando na Odontologia, muitos diriam que uma coisa não tem nada a ver com a outra. Mas isto não é verdade!  

Em algumas pessoas, certos tipos de alimentos têm a capacidade de provocar aceleração do processo de descamação das células da mucosa bucal, ardência na boca e produção excessiva de muco. Como conseqüência destas alterações, podemos citar a halitose (nome científico do mau hálito) já que as células descamadas e o muco são matérias orgânicas que, em decomposição, geram odor desagradável no ar exalado.   

Vale a pena lembrar que os alimentos podem causar tipos diferentes de reação, desde as mais leves até processos graves. A intolerância alimentar, por exemplo, é uma reação anormal a um alimento ou a algum componente alimentar. Ao contrário de uma reação alérgica, onde o sistema imunológico é ativado e elabora uma resposta, a intolerância a alimentos pode ocorrer pela falta de uma enzima necessária para a digestão desse alimento. Por exemplo, pessoas intolerantes ao leite ou ao trigo não conseguem digerir a lactose ou o glúten. Assim, ficam respectivamente mais vulneráveis ao mau hálito e aftas.  

 

É muito importante que você saiba e informe ao profissional que cuida da sua saúde, sobre qualquer reação adversa que tenha ocorrido após a ingestão de alimentos. Isto será primordial para que o seu tratamento dê um resultado melhor e seja mais tranqüilo e seguro.