Navegação

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Conheça a Clínica Humanus / Biossegurança / 20. PROPOSTA PARA NORMATIZAÇÃO DA LIMPEZA DAS CLÍNICAS

20. PROPOSTA PARA NORMATIZAÇÃO DA LIMPEZA DAS CLÍNICAS

 

A Comissão de Biossegurança da Faculdade de Odontologia de Bauru, no uso de suas atribuições de propor normas com vistas, principalmente ao controle de infecção e considerando que as clínicas odontológicas são áreas críticas; considerando que a limpeza dessas clínicas resulta de uma ação conjunta de alunos, auxiliares das clínicas e funcionários da limpeza; considerando que a adequacidade da limpeza deve ser monitorada e registrada pelos seus usuários (professores e alunos) e considerando que o controle de infecção invariavelmente começa pela limpeza, PROPÕE o estabelecimento das seguintes normas:

Primeira A limpeza das clínicas deve ser feita após os atendimentos de cada período diariamente por alunos, auxiliares de clínicas e funcionários da limpeza. O seu controle será feito pelo próximo usuário que, OBRIGATORIAMENTE, preencherá um quadro em cada box (Anexo I). Periodicamente esse quadro será avaliado pela Comissão de Biossegurança.

Segunda Compete aos ALUNOS: ANTES DO ATENDIMENTO : 1 -Usando luva de borracha: correr água por 30 segundos em todo o encanamento do equipo, para eliminar microrganismos 2 - Acionar o sistema "flush". 3 - Fazer a desinfecção do equipo com álcool 77%, nas seguintes partes: pontas de alta rotação e micro-motor; seringa tríplice, alça do refletor, pontas de sucção; tampo da mesa operatória; refletor e comandos; suporte das peças de mão e seringa; cadeira; mesa auxiliar. 4 - Lavar e retirar a luva de borracha. Lavar as mãos. 5 - Colocar as barreiras de proteção no equipo. APÓS O TRATAMENTO 1 - Descartar as luvas de atendimento 2 - Lavar as mãos e colocar a luva de borracha 3 - Remover todas as barreiras. 4 - Recolher campos e aventais, acondicionar um saco plástico, para encaminhar à lavanderia. 5 - Acondicionar o lixo. NÃO SERÁ TOLERADA a presença de gaze ou outro tipo de lixo no chão do box. OBS.:1-Todas as atividades com material sujo serão feitas com luvas de borracha, sendo proibido o uso de outras luvas ou ausência delas. 2-É terminantemente PROIBIDO jogar material de moldagem ou resina ou gesso na pia e cuspideira.

Terceira Compete às AUXILIARES DE CLÍNICA : 1 - Apresentar-se paramentadas com avental branco de manga longa, sapato branco fechado e gorro; 2 - Recolher as peneirinhas dos sugadores e desinfetar, em solução de hipoclorito de sódio a 1%, por 30 minutos enquanto se realizar a desinfecção da cuspideira. Em seguida, enxaguar em água corrente e auxílio de escova; 3 - Desinfetar a cuspideira com hipoclorito de sódio a 1%, desprezando aproximadamente 10 ml da solução no encanamento. Após a desinfecção, lavar com sabão ou sapóleo, se necessário, e auxílio de buchas, não de bombril. 4 - Aspirar pequena quantidade de hipoclorito com a tubulação do sugador. 5 - Desinfetar também as escovinhas utilizadas para lavagem de material, em solução de hipoclorito a 1% por 30 minutos. Em seguida, enxaguar e guardar. 6 - Encaminhar todos os panos e campos utilizados na clínica para a lavanderia, embalados em sacos plásticos. 7 - Recolher todo o lixo da clínica, embalado em saco plástico e conduzir ao setor. 8 - Recarregar o papel toalha, o antisséptico, o detergente. 9 - Semanalmente executar a limpeza com detergente e desinfecção da almotolia. OBS.:Todas estas atividades devem ser realizadas usando luva de borracha e avental impermeável. 10 - Providenciar o conserto dos equipos quebrados. 11 - Comunicar ao responsável pela Disciplina os nomes dos usuários relapsos. 12 - Registrar no "Livro de Ocorrências" qualquer fato que deva ser de conhecimento da equipe que usará a clínica a seguir. 13 - Manter vazios os armários sob as pias.

Quarta Compete às AUXILIARES DE SERVIÇOS GERAIS 1 - Usar equipamento de proteção individual. 2 - Fazer a desinfecção prévia com pano embebido em Duplofen 5%, das bancadas laterais, pias e torneiras, chão e parte do equipo que fica abaixo da cadeira até o chão. 3 - Lavar as pias e torneiras com sabão e sapóleo, após a desinfecção com Duplofen (anexo II). 4 -Realizar a limpeza semanal. Esta deverá abranger as mesmas áreas constantes do item 1, além das paredes e janelas, biombos e mangueiras do equipo, devendo ser feita com Duplofen 5% e auxílio de escovas e vassouras no chão, dispensando a utilização de outro sabão. Não se faz o enxágue, apenas retira-se o excesso. - Caso haja muita sujidade no chão, sendo necessário o enxágüe, fazê-lo utilizando pouca água e no final passar pano com Duplofen 5% deixando secar naturalmente. OBS - Todos os materiais utilizados na limpeza, tais como balde, rodo, vassoura, devem ser lavados com água e detergente neutro antes de serem guardados. As luvas de borracha devem ser lavadas por dentro e por fora e colocadas para secar viradas pelo avesso, após cada limpeza e desinfecção.

Quinta Ficam estabelecidas responsabilidades, de forma a viabilizar a normatização:

1 - À Comissão de Biossegurança cabe propor normas viáveis para padronização da limpeza das clínicas com atualizações, de acordo com modificações físicas ou novos agentes desinfetantes; realizar em fevereiro e julho cursos práticos obrigatórios para funcionários com atividade nas clínicas; discutir sugestões que lhe sejam encaminhadas; analisar periodicamente os quadros sobre conservação das clínicas, para discutir com os envolvidos as falhas encontradas; desenvolver material explicativo audio-visual e/ou impresso para os usuários. 

2 - À chefia de Departamentos e Disciplinas, Urgência, Pós-graduação compete dar ciência dessas normas a todos professores e funcionários e envolvê-los na sua execução; propor aos funcionários das clínicas uma divisão adequada de tarefas, para que não haja sobrecarga para alguns; estabelecer um período semanal para a limpeza das clínicas, proibindo seu uso durante o mesmo; estudar antecipadamente um período para a limpeza semanal no caso deste coincidir com feriado; exigir a frequência nos cursos de "Treinamento para funcionários", dos novos funcionários; obrigar a frequência dos funcionários de clínicas nos cursos de reciclagem que serão oferecidos em fevereiro e julho. 

3 - Ao Professor responsável pela Disciplina Clínica cabe fazer cumprir as normas pelos usuários; fiscalizar o estado da clínica ao chegar, cobrando uma posição dos funcionários do Departamento ou da Diretoria Administrativa, em relação à equipe de limpeza. Obs.: (O art 76 - III da Res. SS 15/99 estabelece que as policlínicas de ensino odontológico devem apresentar relação dos professores responsáveis por cada disciplina que tenha atividade clínica). 

4 - À Diretoria Administrativa compete fiscalizar a ação da equipe da limpeza; agendar os cursos de treinamento para os funcionários em geral; encaminhar para treinamento funcionários recém-contratados; respeitar a periodicidade na dedetização, limpeza das caixas d'água e na limpeza do sistema de ar condicionado das clínicas. 

5 - Ao Setor de Compras compete o fornecimento de gorro, aventais de manga longa, avental impermeável e luvas de borracha, para as auxiliares de clínica e equipamento de proteção individual (E.P.I.) - luvas de borracha, óculos de proteção, botas, avental impermeável - para a equipe da limpeza; compra de carros para o transporte do lixo e para limpeza; compra dos produtos para limpeza e desinfecção, mediante solicitação dos diversos Setores, não substituindo os produtos sem prévia consulta à Comissão, pois o princípio ativo deve ser avaliado e os funcionários, reorientados.

Sexta Excepcionalmente serão tolerados avisos revestidos com plástico nas clínicas. Os papéis deverão ser afixados em quadros de aviso fora das clínicas.

Anexo 1

Anexo 2