news11

cabecalho.jpg
Março de 2007
No. 11
Edição Mensal
Caso não deseje receber outros informativos,
clique aqui.

Título news_11

 

 

 

 

 

 

Administrar a vida não é tarefa fácil! Portanto, neste dia internacional da mulher cuide do que há de mais precioso na vida: A SUA SAÚDE!

Ser boa profissional, cuidar dos filhos, ter tempo para o marido/ namorado, administrar o lar, preocupar-se com o desenvolvimento profissional e intelectual... A vida da mulher contemporânea não é moleza, pois além disso tudo ela também quer, e precisa, estar bela!

Estar bela, mas sem hálito de fera...

Ter um sorriso belo e não amarelo...

Muitas vezes se prioriza a estética, mas assim como o humor, disposição, textura da pele, etc, oscilam durante o mês, o aspecto do nosso sorriso também. Afinal, somos especiais e complexas até no sorrir!

No que diz respeito à saúde bucal, cuidados especiais devem ser observados nas várias fases da vida de uma mulher devido às mudanças nos níveis hormonais presenciados na puberdade, no ciclo menstrual, na gravidez e na menopausa.

  • Menstruação - Pode-se notar inchaço e/ou sangramento da gengiva e maior ocorrência de aftas antes da menstruação.
  • Contraceptivos orais - A gengiva inflamada poderá ser efeito colateral das pílulas anticoncepcionais.
  • Gravidez - Devido ao estado físico, emocional e hormonal, a mulher sente maior necessidade de descanso e, muitas vezes, descuida da higiene bucal resultando em gengivas avermelhadas, inflamadas e com sangramento, aparecendo pequenos tumores benignos na gengiva.
  •  

    Mulher 2

     

    • Menopausa - Gengiva inflamada, boca seca, sensação de ardência bucal, sensação de alteração do paladar são comuns nesta fase.

    ainda uma estreita relação entre a saúde bucal e a saúde geral da mulher. Diversos estudos correlacionam as doenças gengivais e as enfermidades sistêmicas. Assim, as bactérias causadoras da inflamação na gengiva também podem agravar algumas condições cardíacas, diabetes, artrites reumatóides, etc. Ah, cabe ressaltar que vários  estudos científicos também afirmam que gestantes com gengivite estão mais suscetíveis a partos prematuros ou a terem crianças com baixo peso ao nascer.

    Portanto, não adie sua ida ao dentista, pois afinal você merece um sorriso belo e saudável.

     

     

    Por Dra.Tayana Filgueira - CRO 6896
    Clínica Humanus
    www.clinicahumanus.com.br
    (61) 3327-2900

     

    icones.gif